quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

O mundoo vai acabar! Outra vez? by Estel@


O mundo vai acabar! Outra vez?
Estel@
E, se for verdade, dia 21 está chegando, e o Natal também. Estou, às 9:30 horas do dia 19, apenas há 1 dia antes do mundo acabar, na sala de espera do cabeleireiro, para dar uma repaginada no visu. E, paira uma dúvida em mim, qual cor de cabelo, quero mudar, mas mudar pra que? Sei lá, vai que, quando o mundo acabar e, para o lugar que vamos tá todo arrumadinho, e eu com a raiz pra fazer....nem morta! ou melhor só morta!
O comentário que o mundo vai acabar era a bola da vez. Na tv, Ana Maria Braga e o louro José, que até no fim do mundo ninguém sabe quem é. Ela passa receita, dá conselho, faz graça, pra que? Será que, pra onde vamos tem fogão? Banco, boletos para pagar, contas, a compra pela internet que não chega, o vizinho em alto grau etílico que ameaça a cantar La Barca, credo.....acho que o mundo já acabou e não demos conta.
Com a tinta nos cabelos, um produto químico, a mente adubou um pouco mais, e pensei: vamos ter que enfrentar congestionamento no portão de São Pedro, coitado do Santo, gente querendo dar carteirada, fingindo passar mal, e pegando muleta alheia pra conseguir passar na frente,  vendendo senha, um caos. Como toda história pode pensar e despensar, pensei...quero ir  para um Portal de Luz..... aqueles que falam que tem por ai,  a tal parede de pedra magnética que se abre, ou o Galático, o Estelar, acho que vou procurar esse, combina com meu nome, tem tantos pelo mundo,  mas ninguém nunca viu.  Não importa acho  que  nesses portais não há de ter fila, ninguém vendendo garrafinha de água, biscoitos, bilhete de loteria....
De repente uma  Luz radiante e escuto as trombetas do Paraíso......cham...cham...cham...chamm
E, olhando ao meu redor nesta terra de luz, vi a revista Caras, as celebridades me olhando, e pensei...será que neste mundo (porque eu acho que vai ter outro mundo), as celebridades, BBBs, pagodeiros, fankeiros e etc e tal vão estar presentes ? Ah tudo novamente não! Então, não quero atravessar o Portal, quero ir para Nirvana e, já começando a levitar, como num encanto, uma voz diz: amoreeee....vamos lavar esta cabecinha, porque está na hora de mudar, radicalizar, acontecer, e sair daqui linda e arrazando... era o hairdresser, ou stylish hair como queria (globalizou)  não  deixando por menos....
Não pensei mais no dia 21, e voltei  à terra, quando a recepcionista veio com um suquinho esperto de caju.
Resolvi ficar por aqui mesmo, pular o dia 21 ...porque, dia 24 é Natal, e quero dividir com minha família, meus amigos presentes, ausentes, da net, a beleza que é viver, e festejar o nascimento do menino Jesus, saudar o Ano de 2013, sem o calendário Maia para, nem precisar pensar no fim do mundo.
E, que venha 2013, sendo mesmo um mundo novo, melhor e que possamos aprender com o velho.
Feliz Natal a todos e vamos arrrasarrr!
Pronto falei.....fui....

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Hoje é meu dia by Doroty Melo


HOJE É MEU DIA
Dorothy

eu nem sabia que tinha Dia do Palhaço
mas fiquei contente em saber
que tenho um dia só meu
confesso que já aspirei
coisas melhores para mim
tentei ser uma boa mãe
tentei ser uma boa mulher
me fantasiei de amada amante
me vesti ou fantasiei? nem sei mais....de rendas, brocados
me perfumei com fragrâncias exóticas, quentes
para agradar ao meu amor
fiz um papel sem muita importância
de "mestre cuca" pensando que enganaria alguem
meu pai queria que eu fôsse professora
antigamente os pais queriam isto para as filhas
escrevi até umas palavrinhas sem nexo para meus amigos
e...porque gostam de mim
acharam que eu era uma poetisa ahahah
CANSEI.....
deixem-me tirar a minha máscara de bôa moça
no palco da vida ...
o que eu sei fazer melhor mesmo
é fazer os rirem da minha fraca atuação
no palco da vida
Tchau....By...By.....
O ESPETÁCULO COMEÇOU...

VOLTEI...
ESQUECI DE RETOCAR A LÁGRIMA NO MEU ROSTO..
POIS SÓ ELA É VERDADEIRA...
ELA EXISTE DE VERDADE

Dorothy Melo

domingo, 8 de julho de 2012

FELICIDADE Paulo Silveira de Ávila


FELICIDADE
Paulo Silveira de Ávila

Felicidade é como o vento escorrendo
cores no azul do mar que reflete sonhos
de puro enlevo e amor.
Passa o sonho na janela.
Passa a vida para outra vida.
Passa a vontade de esperar o dia
que não chega, no entanto, a felicidade
faz da alma sua morada.
De repente, explode um grito
no devaneio da imaginação, traçado,
amado, marcado, sem tempo, sem espaço
na esfera do horizonte poente.
Não pode ficar contido quanto mais esconde,
mais cresce este desejo aprisionado.
É a felicidade que chegou nos meandros
do coração como fogo que incendeia
para que haja mais sonhos.
Em êxtase, descobrir que volto amar.

terça-feira, 3 de julho de 2012


A VIDA CONTINUA...
*Gilda Pinheiro de Campos*

Quando pela primeira vez falei de saudade,
ainda não tinha a real dimensão do que era...
Sempre a mantive longe de mim,
apenas um sentido poetico, romantico...
Mas o tempo, esse carrasco,
me ensinou que ela sim existe e estava do meu lado,
apenas esperando o momento certo para se fazer presente...
E a conheci, e como...de perto, me tomando inteira,
me fazendo chorar, lamentar
momentos não vividos, horas, dias de espera...
E como ela se fez cruel, dolorida...
Diferente essa saudade que senti...
Tão real, tão minha...sim...minha, que ironia,
como pode ser ela tão invasiva e se fazer
minha...não a convidei, nem a pedi como companhia...
Simplesmente se instalou soberana,
dona e senhora de mim...
Hoje que consegui me livrar dela,
a vejo outra vez como algo distante,
que consigo conviver, com calma, sem
grandes intimidades...
Sei que ela existe, que quando
quer se faz sentir, mas que já
não é presença constante...
É mais uma visitante ocasional
e em datas especiais...
É visita indesejada,
mas obrigatória nessas datas...
Grandes saudades terei sempre...
Fazem parte da minha existencia, mas
serão sempre sentidas de maneira tranquila,
consciente sou de que nesta
passagem terrena, pessoas marcaram
minha vida, se fizeram parte dela e
quando partiram me deixaram um vazio
porque foram importantes...
Deixaram amor, levaram amor...
São insubstituiveis, únicas, eternas...
Tenho certeza que noutra dimensão as
encontrarei e tudo continuará...
Apenas uma interrupção, nada mais...
Essa certeza ameniza a saudade...
Me faz sorrir quando olho o horizonte
e sinto alí guardadas para sempre
as lembranças,
cada momento vivido,
e eternizado na memória...
A vida continua...
07/09/2011
Registrado no Recanto das Letras
Código do texto:T3222304

Venha by Li Toretti..recomendo....Estel@

Um desabafo é o que vou fazer
Você de longe me olha e me admira
Mas quando chego perto desvia seu olhar
Você não ver mas estou a perceber
vi em seu olhar interesse
Mas como pode deixar sua timidez tomar conta
depende de você a atitude tomar
Estou interessado em você
Não sou tímida
Irei lutar por nós dois
Posso gostar de você
So que eu me amo muito mais
Vou logo dizendo a fila anda
E de você não quero mais saber
Pois quem gosta luta
E não fica para traz
Quer ser feliz venha junto comigo
Ate um dia quem sabe
sei o que quero
Luto até o infinito para te-lo comigo
Te quero te amo e nada mais
By Li Torette

Pausa pro Comercial by Cibele Carvalho...recomendo...Estel@


PAUSA PRO COMERCIAL
Cibele Carvalho

Já esteve alguma vez,
diante de alguém tão chato
que sua maior vontade
é de atirar-lhe um sapato?
Se esteve, sabe o que digo
e até concorda comigo...
A bendita criatura
é moralista da hora
e sua triste figura,
se ri, parece que chora!
Cata citações na net,
para dizer o que quer;
pode ser homem ou mulher,
e de idade qualquer.
A chatice não discrimina,
e o dia a dia nos ensina,
que ela é imparcial:
pega quem é do bem
e também quem é do mal.
A nós, resta interromper
e bem depressa dizer:

PAUSA PRO COMERCIAL!

Eles são reais de Marcos Toledo....recomendo....Estel@


ELES NÃO SÃO REAIS
Analisando alguns romances, observei que seus personagens não são reais...ou são? São brigas, sexos, intrigas e falácias num ritmo alucinante. Não os vejo almoçar, jantar e nem ir ao banheiro, coisas comuns a todos os seres humanos.
Seus autores dizem assim: “Julio convida Matilde para jantar”... ”No jantar, Matilde o interpela sobre seu trabalho”... ,“Na saída do restaurante, seu carro aparece danificado”...
Muito bem! Comeram o quê? Beberam o quê? Em que momento levou
o garfo à boca? Lavaram as mãos para se sentar à mesa? São tantas
as perguntas, que me chamam de louco!
Talvez esses personagens façam isso, mas só se o fazem nos momentos em que deixo o livro de lado para ir jantar de verdade, na minha casa, ou nas horas de sono que tenho.
Você nunca se perguntou sobre isso? Caramba! Já leu um romance ardente, onde um casal até perde o fôlego se amando e, ao final, nem vai ao banheiro se lavar? Simplesmente, aparecem em outra cena, como num passe de mágica.
Hum... esses personagens devem ter um “futum” terrível!
Li, certa vez, que um sujeito ia ao encontro do seu grande amor, debaixo
de um temporal horrível e espirrava como um condenado. Ao chegar à casa da sua amada, entrou, pegando-a na cama com outro sujeito. 
 Eu heim!
Como pode alguém entrar na casa dos outros sem se anunciar? E, mesmo que entrasse, estaria completamente molhado, de capa e guarda-chuva. E como não fez o mínimo de barulho, a ponto de não ser ouvido pelos amantes ?
Não estou aqui defendendo os amantes, mas sim indagando: como pode isso?
E os espirros? Cessaram de repente? Hum... estranho!
Não preciso comentar os romances policiais que, em sua maioria, são
extremamente obsurdos e deixam várias pistas para o leitor, mas que, ao final, mostra como assassino, o mordomo. Ridículo isso!
Um dia, pretendo ser escritor e, quando o for, vocês verão: meus personagens serão pessoas normais que vão ao banheiro, usam dentaduras, soltam gases, comem comidas de verdades e suam quando fazem amor. Ah! E tomam banho, depois de fazerem sexo, também, como todo mundo


                                      Amém
                                  Marcos Toledo

quarta-feira, 13 de junho de 2012

13 de junho dia de Santo Antonio


13 de junho dia de Santo Antonio
Para arranjar um namorado (a) ai vai uma simpatia 
que é tiro e queda...pode conferir...

Em uma folha de papel manteiga desenhe um coração. E dentro dele, escreva o nome de quem você gosta diversas vezes até preencher o espaço do desenho, 
No contorno do coração escreva seu nome.
Coloque em um prato novo, branco e polvilhe talco de bebê 
e deixe por 15 dias aos pés de Santo Antonio

sábado, 28 de abril de 2012

ser avó....uma benção by estel@


er avó....uma benção  Estel@


Dizem que avó é uma mãe com açúcar estou toda açucarada.
Ser avó é escancarar as portas da felicidade, estou abrindo portas e janelas.
Ser avó é retornar à infância, já estou pulando amarelinha,
Ontem, quando peguei pela primeira vez aquele pequenino ser de luz senti a emoção e, na correria do dia, não registrei quase nada, ou melhor pensei que não.
Com a cabeça no travesseiro e muito cansada, nem o Jô consegui chegar ao final, adormeci ou melhor dormi mesmo.
Um sonho lindo, revi a casa de minha avó, aquela senhorinha de cabelos brancos (eu tinjo, porque a avó de hoje é vaidosa e plugada), a me fazer saquinhos para um joguinho que não me lembro o nome, saquinhos cheios com areia e muitas cores de velhos retalhos.
O sonho pulou para outro lugar, foi para a cozinha, e lá estava ela fazendo broas de fubá.
E, neste sonho, percorri toda a casa nitidamente, o balanço na jabuticabeira, a mangueira apinhada de mangas, sonho é bom porque tudo se realiza até quando o tempo não é da fruta.
Minha avó, a me olhar com olhos de amor e carinho, aquele olhar de proteção.
Vi, também, neste redemoinho de emoções minha avó a regar as plantas que tanto gostava, por ser ela uma força da natureza.
A velocidade com que passava de um para outro cenário era uma sensação de leveza e de bem estar, algo que não queria mais voltar.
Mas, minha avó, sem falar me acenou e sumiu numa bruma branca e espessa,
Era um sinal para acordar.
Estas imagens de sonho muito real, para mim querem dizer algo de especial, de uma visita, de um carinho, de uma proteção, ou simplesmente de
uma grande saudade, tanto de lá para cá , como daqui para lá.
Uma viagem de mão dupla, repleta de luz.
Acordei, e sei que não foi um sonho, mas sim uma visita.
Ontem, veio à luz, esta criança que, por algum motivo, deveria estar perto de mim, e eu agradeço esta benção e o acolho com muito amor em meu coração e sei que, um dia, ele sonhará e eu também o visitarei....
Estel@




sexta-feira, 6 de abril de 2012

Tempo de Pascoa


Tempo de Páscoa
Páscoa é tempo de meditar, de buscar,
de agradecer, de plantar a paz.
Tempo de oração!!!
Tempo de abrir os braços, de abrir as mãos
e de ser mais irmão.
Tempo de recomeçar!
Tempo de concessão, de compromisso,
de salvação. Tempo de perdão.
Tempo de libertar, de libertação,
de passagem, de passar…
Para onde?
Para a luz, para o amor, para a vida que é eterna!
É Tempo de Ressurreição

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Paixão de Cristo by Estel@


A Paixão de Cristo
Estel@
Lembro-me dos meus tempos de catequismo, onde o Padre Lino ensinava os dogmas, as rezas e os mistérios da Igreja Católica Era a preparação para fazer a Primeira Comunhão. Naqueles tempos, quando chegava a Semana Santa não se comia carne, e se guardava o Sntíssimo com profundo respeito, e até um pouco de medo, porque entre o respeito e o medo a linha é tênue. Na grandiosa Matriz, os santos eram cobertos, num sinal de luto. As crianças não cantavam seus cânticos, pois não era uma semana comum. Aprendi que, Poncio Pilatos lavou as mãos para não julgar Cristo. Hoje tem muitos Poncios por aí, só que com uma roupagem contemporânea, ora julgando o seu semelhante, ora abstendo de um julgamento digno. Aquele que é o símbolo da traição, Judas, que beijou a face de Cristo e o traiu, ainda tem muitos discípulos por aí, beijando a face de crianças,velhos e necessitados, traindo seu semelhante e corrompendo seus ideais.
E Cristo morreu para nos salvar!
O que mais me chamava a atenção, e me comovia era a imensa procissão do Senhor Morto, em um andor carregado por homens de capas pretas e cordões vermelhos, que eu não sabia o significado. Mas também me divertia na inocência de uma criança, anjos com uma asa caída e assoprando a mão, pois a cera da vela acesa sempre respingava. O coroinha a balançar o incensário, e o som da matraca, olhava aquilo muito compenetrada no simbolismo do momento. Ohando para o horizonte, velas acesas na subida da rua seria a esperança de luz para todos?
Mas o que mais ansiava era o comovente encontro de Maria com seu Filho. Lágrimas brilhavam em todos os olhos,e hoje quantas Marias não choram do mesmo jeito pelos seus filhos que foram apedrejados. maltrados pela guerra, fome, drogas e violência.
E Cristo veio para nos salvar!
Na descida da procissão eu reparava nas janelas das casas, com toalhas roxas, que significava penitência, aflição e melancolia, pelo menos era que minha mãe dizia. Tendo apenas um crucifixo, eu olhava aquilo atentamente e sabia que era um luto, uma dor, uma perda e um dia de profunda tristeza, somente suavizado pela Ressurreição.
E assim descia a rua principal, onde tudo terminava na mesma Igreja onde tudo havia começado. Todos se retiravam em silêncio, o altar da Igreja continuava desnudo, sem arranjos florais no Sacrário.
Era um dia austero, sombrio e silencioso, mas com grande esperança na Glória da Ressurreição, o viver novamente e com Ele eternamente viveremos.
E Cristo veio para nos salvar!

sábado, 10 de março de 2012

sexta-feira, 9 de março de 2012

Feliz dia....todo dia da mulher by estel@

Feliz dia...todo dia da mulher
Estel@
Os meninos que me perdoem, mas hoje é dia de falar de nós meninas.
Isso mesmo, de amiga para amiga.... de mãe para mãe...de sogra para sogra....de avó para avó...enfim de mulher para mulher.
Mulher é um ser que dizem difícil de entender, mas ela sempre vai abraçar sua dor e seu silencio.
Vai esbravejar, chorar e logo em seguida perdoar.
Exemplo para os filhos, amiga nas horas difíceis e companheira.
Mesmo que ninguém acredite mostra seu valor, seja no mundo ou no seu lar, lugar sagrado e gerado com competência.
Na emoção, a pura razão.
No olhar, a imensidão de desejos partidos ou amores não correspondidos, e sempre com o mais profundo amor retirado do coração, segue em frente... acreditando, buscando e deixando um perfume de esperança e fé.
Mulher, eu....você....nós
Sempre renascendo em cada estação para fincar a bandeira da conquista.
Feliz dia..todo dia da mulher...
mãe...menina....da rua...das lágrimas, dos sorrisos e aquela que com saudade deixou uma simples receita de vida!

domingo, 1 de janeiro de 2012

ciao....byestel@


Ciao.....estel@
Ciao.....ele está indo...
mas agradeço por ter sido um ano de alegrias, boa saúde, equílibrio para resolver coisas não tão boas assim, e principalmente por manter a família unida.
2011 parte neste trem que nunca para, mas logo chega outro vazio para encher de coisas boas,esperanças,amizades,dedicação, harmonia, solidariedade e principalmente o levantar do seu dia e poder dizer bom dia ....dia de hoje.
Salto deste trem em movimento e espero o outro chegar, pego logo uma janelinha para ver a vida e sempre dizer......obrigada por estar sempre em movimento.
Estel@
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...