sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Feliz Ano Novo by Estel@

Feliz Ano Novo
Estel@

O tempo voa.....  um Ano Novo se anuncia!
Para renovar, evoluir, recomeçar e amar
Deixe no ano velho, mágoas, tristezas e desamores
Derrube suas barreiras internas do medo e da insegurança
Um Ano Novo se anuncia!
Que é tempo de esperança, de alcançar um ideal de buscar as oportunidades.
De reavaliar os sonhos e as atitudes
Um Ano Novo se anuncia, está batendo a sua porta
Abra-a, deixe entrar novas esperanças, novas amizades e novos amores,
Pegue carona nas estrelas e voe.
Tenha muita fé, não desista nunca.
E  que a saúde e a paz esteja sempre dentro de sua casa
E o meu desejo para este Ano de 2011  para você,
Brinde, cante, dance, celebre. busque  e se envolva nesta energia do bem
Adeus Ano Velho, te agradeço apesar do medo e insegurança, você foi muito bacana....
Seja muito Feliz Ano Novo.........de Novo!

Vai ano velho procure seu lugar
Você me trouxe esperanças e encanto
Que foi bom enquanto durou
Mas também me trouxe decepção e prantos
Que rápido, também passou
 
Com erros e acertos aprendi a lição
Vai embora ano velho, você precisa ir
Quero escolher uma direção
Para o ano novo poder entrar e sorrir
 
E sempre vai ser assim, um vai outro vem
E o que mais posso dizer?
Adeus Ano Velho, Feliz Ano Novo
Que o velho leve as nuvens ameaçadoras
E o novo traga Paz e renovação
Estel@

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Dê Coração de Natal - Cora Maria -


 
Dê Coração de Natal
Cora Maria

Enfeite a Árvore de sua vida com guirlandas de gratidão!
Coloque no coração laços de cetim azul, rosa, amarelo, carmim,
Decore seu olhar com luzes brilhante estendendo as cores em seu semblante
Em sua lista de presentes, em cada caixinha, embrulhe um pedacinho de
Amor,
Carinho,
Ternura,
Reconciliação,
Perdão!
Tem presente de montão no estoque do nosso coração e não custa um tostão!
A hora é agora!
Enfeite seu interior!
Sejas diferente!
Sejas reluzente!

sábado, 11 de dezembro de 2010

Remédios Espirituais

Boa tarde

Erros e tristeza podem ser curados com 
remédios espirituais que já estão presentes em mim, a alma.
É só ir para dentro, encontrá-los e usá-los.
Se hoje estou com raiva, preciso do remédio da tolerância.
Quando me sinto chateado, tomo o remédio da esperança.
Revanche e culpa precisam do remédio do perdão.
Medo pede o remédio da clareza e coragem.
Ego e dependência precisam de auto-respeito.
Com esses remédios internos eu tenho a força
 para resgatar o que havia esquecido em mim. 

BK Anthony, Discovering Spirituality, Purity, June 1997 

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

O Dia de Hoje


Estel@

Dia de sol brilhante
café com leite e manteiga com pão quente
Simples assim 

O dia de hoje
De ler o jornal e espreguiçar 
de chamar os amigos 
para dar risadas e conversar
Simples assim

O dia de hoje
Música alegre e vibrante
arraste o sofá 
pegue seu amor e dançe
Simples assim

Vento no rosto logo cedo
Olhe e siga em frente sem medo
Simples assim

O dia de hoje
Corra, ande, resgate o que perdeu
busque a ilusão e
o que grita seu coração
Simples assim

para o dia de hoje.

ESTELA@

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

HOJE É DOMINGO

Cenas do Cotidiano
Estel@
Domingo, dia de almoço com a família, prática cultuada desde sempre, muda a casa, as vezes acrescenta mais um ou dois, os que estão entrando para a família, ou os velhos amigos a visitar, e também os novos a chegar.
Muita comida, troca de pratos, sobremesas como se fossem os manjares dos Deuses.
E a casa fica pequena com tanta gente, pois a família, vai aumentando, os filhos chegando,  não sei de onde sai tanta criança, a correr pra lá e pra cá, risos, e falatórios desencontrados ecoam .
Mulheres a trocar receitas, experiências, novelas, de tudo um pouco, pois mulher tem assunto.  Homens a falar de futebol e política, os adolecentes do SWU e da banda mais maneira!
Tudo isso ao som dos talheres, o copo  que cai, uma bebida que entorna, mas tudo é festa, é pro santo!
Ah me esqueci do cachorrro que fica louco, correndo, pulando e latindo. Ele também faz a sua festa dominical.
E assim,  mais um domingo festivo, alegre e descontraído.  Claro que rola sempre uma fofoca, mas fofoca do bem, nada para destruir, aquela velha e costumeira...não gostei do penteado de uma famosa. Você viu a fulana (outra famosa) que engordou, muito bom, a gente sempre magrinha claro, porisso que tem a segunda, dia de regime, de remoer a culpa de tanto experimentar esse ou aquele  "pedacinho" de doce. Santa segunda! Rogai por nós! Tirai esses quilinhos! Amém.
E  assim, os domingos são festejados, mas nesse domingo, diante do churrasco, das saladas e das sobremesas, o assunto era a política, todos em uma só voz........medo!
Medo da intransigência, da intolerância, da falta de ética, da moral e da vergonha.
 Porque esse medo?  O assunto  para um belo domingo de sol. ? Não deveria...mas é fato.
Medo de perder regalias?  Não. Todos trabalham e pagam seus impostos. Não é isso...
O medo é do empobrecimento cultural de um povo, a falta de educação, de saúde e, principalmente de estar construindo uma quimera, um mito, para dominar um País e seu povo deixando-o mais alienado, e com a impressão de estar em um paraíso. 
Aí o assunto, que variou bastante pulou para a humildade, a capacidade de reconhecer que você não faz nada sozinho, ai pegou fogo, não na churrasqueira, mas  no tema.
Humildade,"uma qualidade pela qual uma pessoa, considerando seus próprios defeitos tem uma opinião humilde de si mesmo, e se submete voluntariamente a Deus e aos outros por causa de Deus.
Tá lá no Aurélio!
Diante da temática, não aguentei, e até então nenhum nome foi levantado ou apontado, era tudo subjetivo.
Quando falei que lulla para mim  era um personagem de quadrinho, o Dick Vigarista, que nos quadrinhos ele é bonzinho,  comparativamente falando, a aprovação foi geral.
Lulla acha que o Brasil começou agora,  depois de seu governo, tudo melhorou. Antes dele nunca ninguém fez nada, enfim de Pedro Alvares Cabral até Fernando Henrique, nada aconteceu.
Well, menos mal eu tenho apenas 8 anos!
Humildade já!
  Mas a conversa ia esquentando, quando um membro da família, o cantante, soltou a voz, e cantou o seu extenso repertório de 5 ou 6 músicas.
Palmas, coro, acompanhamento no banquinho, e assim foi um domingo  que todos tem o direito  de ter,
Alegre, feliz. com segurança, e principalmente com a liberdade de expressão de ir e de vir e de viver!
Me senti a Penelópe charmosa, claro nas devidas proporções.

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Preto no Branco...Richard Dulley

Preto no Branco
Richard Dulley
 
Nossa vida começa com o branco
E então saímos a procurar
Outras cores existentes no mundo
Para com elas nos misturar
 
Às vezes achamos cores belas
E com elas nos tingimos
Incorporando sentimentos
Representados por elas
 
Que aos poucos se misturam
A medida em que variam as idades
Com outras cores já escolhidas
Compondo  várias tonalidades
 
Que representam em nossa vida
Fases ou até  momentos
De paz alegria tristeza
Euforia decepção tormentos .
 
Mas que não podem ser focados
Sem se observar o geral
Pois senão não vemos o bem...
Vemos apenas o mal ! 


domingo, 17 de outubro de 2010

A Raposa e o Macaco....Esopo


 A Raposa e o  Macaco
Esopo
Numa grande reunião, entre todos os animais, que fora organizada para eleger um novo líder, foi solicitado que o Macaco fizesse sua apresentação. Ele se saiu tão bem com suas cambalhotas, caretas e guinchos, que os animais ali presentes ficaram contagiados. E entusiasmados, daquele dia em diante, resolveram o eleger como seu novo rei.
A Raposa, que não votara no Macaco, estava aborrecida com os demais animais, por terem eleito um líder, a seu ver, tão desqualificado.
Um dia, caminhando pela floresta, ela encontrou uma armadilha com um pedaço de carne. Correu até o Rei Macaco e lhe disse que encontrara um rico tesouro, que nele não tocara, porque por direito pertencia a sua majestade o Macaco.
O ganancioso Macaco, todo vaidoso e de olho na prenda, seguiu a Raposa até a armadilha. E tão logo viu o pedaço de carne preso a ela, estendeu o braço para pegá-lo, e acabou ficando preso. A Raposa, ao lado, deu uma gargalhada.
"Você pretende ser um Rei," ela disse, "mas é incapaz de cuidar de si mesmo!" x
Logo, passado aquele evento, uma nova eleição foi realizada entre os animais.
Moral da História:
"O verdadeiro líder é aquele capaz de provar para si mesmo suas qualidades

domingo, 10 de outubro de 2010

Quero ser te talismã....by Clara da Costa


Tudo é você…
no ar que respiro
nos versos que escrevo,
na luz do luar,
no vento a sussurrar.
na lágrima que rola,
na madrugada silenciosa,
na saudade que se enrola,
na distância que machuca.
Quero ser a musa,
que buscas a cada manhã,
nas linhas da tua imaginação.
Quero ser teu talismã,
sua chama da paixão,
nas entrelinhas dos teus versos.

Praia de Pipa/RN
18.09.10

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Bom dia...dia de Primavera
Estel@

Apesar do friozinho, o inverno se afasta dando lugar à estação da renovação, das cores, dos cheiros e do cândido céu de brigadeiro.
Por onde passar, verás o broto de uma flor eclodindo  como num passe de mágica.
È a primavera cantada em verso e prosa, chegando de mansinho, e abrindo o seu colorido para deleite daqueles que observam o bailar das flores.
Lá está a menina Rosedá, toda rosa e faceira ornando o meu caminhar.
E olha quem surge, dando entusiasmo e  alegria a um muro sem cor, as alamandas amarelas!
Flores e mais flores, violetas, rosas, manacás, amarilis, bocas de leão, brincos de princesa, cachos e mais cachos a aquarelar este cenário de sonho e magia que é primavera.
Primavera, onde o perfume do jasmim  inebria o seu coração na busca de amores e sedução.
Pássaros, borboletas a voar, e o vôo frenético do beija flor, beijando sem parar como um apaixonado,  abelhas a procura do prazer do doce mel. È a natureza enfeitada e cheirosa, saudando a estação onde afloram  desejos, amores, bocas que se beijam, olhares que se encontram e ninhos que se formam.
Linda e doce primavera, chega de mansinho, vai distribuindo o sol brilhante, a chuva mansa, o arco-iris, a brisa suave,  o orvalho  os aromas e as cores.
Chega e vai pintando a vida, e fazendo renascer a esperança!
Bom dia......dia de Primavera!

sábado, 10 de julho de 2010


ELEVAÇÃO DE PENSAMENTOS
     Elevar os pensamentos, hoje em dia, é uma necessidade imperiosa para não nos envolvermos nas baixas vibrações que abundam em torno da terra.
     Nossa mente é um dos bens mais precioso que possuímos e preservá-la nos garante êxito na caminhada da evolução.
     Proteja a mente com idéias alegres e otimistas.
     Preserve a mente com estudos e leituras elevadas.
     Conserve a alegria com fé e oração.
Veja o mundo, a humanidade, os parentes e os amigos com o olhar da caridade.
Mais caridade fazemos com os pensamentos do que com os atos.
  Pensamento é um poderoso ímã. Pense no bem, o bem virá.
Pense negativamente e o mal acontece.
A mente é a ferramenta do espírito tanto constrói como destrói;
somos responsáveis por nossas criações mentais.
     Não reclame.
     Não critique.
     Não condene.
     Não se lembre dos erros alheios, somente dos próprios. 
      Elogie e abençoe sempre. 
      Mude seus pensamentos e mudará sua vida.
     Miryã Kali

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Ganhei o Troféu de Ouro!!!

Fui indicada pela Marineide do blog
http://Leio, logo existo! para receber este
lindo troféu! Agradeço de coração!
Beijos

Estel@

quarta-feira, 30 de junho de 2010
























As pessoas que não ouvem
MARIO PRATA


Você deve conhecer uma ou mais delas. São aquelas pessoas com quem você está conversando e – de repente – você percebe que elas não estão te ouvindo. Sim, porque na primeira vírgula, na primeira pausa, ela entra em outro assunto, geralmente falando de si mesma. 
Tenho um amigo, aliás uma pessoa muito famosa, que ficou uns três anos sem ouvir, sem prestar a mínima atenção nos outros. Fomos nos afastando dele. Agora, que se separou da esposa, passou a ouvir. Não estou querendo dizer que os casados não ouvem. 
Longe de mim. O caso ali é específico.
As pessoas que não ouvem, não são surdas. Elas escutam, mas não ouvem. Será que eu estou sendo claro? 
Você fala com elas e percebe que o olhar que deveria estar te mirando, tá longe. 
Sabe-se lá onde.
Pois eu resolvi o problema. Descobri que as pessoas que não ouvem, só não ouvem ao vivo. 
Mas se você telefonar, elas te escutam, te ouvem, enfim, falam com você. Não sei qual é a mágica do telefone para fazer trazer aquelas pessoas à nossa realidade e ao nosso mundo. 
Aí passei a só falar com este tipo de gente por telefone. Se a ligação for interurbana, ele ouve mais ainda.
Acho que é isto: quanto mais longe você está, mais ele presta atenção. Sim, porque quando você está perto ele não te ouve e nem te vê. Mas, não te vendo, ao telefone te ouve. Será que o Bell e o Freud chegaram a pensar nisso um dia?
Você entendeu, ou não ouviu nada do que eu disse?

segunda-feira, 28 de junho de 2010


 CENAS DO COTIDIANO.......Estel@
Estava eu num final de tarde num banco de jardim, observando o entardecer, o céu alto, estrelas começando a brilhar, o cheiro da pipoca , o jasmim. Tão absorta nos meus pensamentos que nem vi que, ao meu lado num outro banco duas pessoas idosas que conversavam.
Chamou-me a atenção, pois seus rostos estavam tensos, carregados de angustia, tristeza e falavam só das coisas ruins da vida, doenças, políticos corruptos, amarguras, e não reparavam no momento singelo do entardecer, com seus recortes de cores entre o amarelo e o vermelho.
E ali ficaram a falar das mazelas de seus cotidianos,De repente, duas mulheres bem vestidas, altivas, se aproximaram e foquei para ver seus rostos e o que falavam. 
A malidicência corria solta, o prazer de saber que alguém estava em dificuldades,  de comunicar uma má notícia.Tudo sabiam. Falavam só da vida alheia, julgando e veladamente comemorando.
Percebi uma latejante inveja, dissimulação o mais perigoso dos sentimentos.
Elas não se preocuparam de enxergar o por do sol e o acender das estrelas e do luar.Nisso, toca o sino da igreja, chamando todos para a hora da Ave Maria.
Os quatro se levantam e vão orar e pedir a Deus. Seria tolerância, perdão, complacência, amor, dinheiro?E  pediriam o que? Acho que não  pediriam nada, pois os que vêm o negativo, o destrutivo, não pedem apenas sáude,  felicidade, satisfação, pois não conseguem conviver com tanto prazer e alegria.
Fiquei só, não fui ao chamado do sino, pois permaneci com Deus ali naquele banco, mas e se tivesse outra  pessoa comigo a falar e comentar, será que resistiria? Será?
Estel@

quinta-feira, 24 de junho de 2010


Convido todos para beber, comer, dançar e festejar
Para São João comemorar!

Vamos pro araiá festejá
São João e seu mastro levantá
Pulá foguera, rojão e estrelinha sortá
E não se esquecê de namorado encontrà
                   
 Doces, pipoca, quentão e pinhão
A sanfona começa a tocá,
E hora da quadrilha esquentá
Pegue seu par, que São João vai ajudá
        
E a noite inteira vamos dançá
Aquele beijo não há de me assustá
Ocê pertinho de mim, querendo me apalpá
Não sei não, so se São João me sergurá
          Mas quero mesmo é casá.
                      Estel@

Simpatias de São João


Sonho lotérico
Se você sonhar com um bicho na véspera de São João, deve jogar na loteria porque vai ganhar com certeza.
Energia do santo 
Regue as plantas antes de o Sol nascer, no dia de São João. As plantas crescerão bem mais fortes.
O poder do carvão
O carvão que sobra depois que a fogueira apaga adquire poderes sobrenaturais. Com ele, pode-se cobrir os ovos das aves para que a ninhada seja forte e saudável. -Andar com um pedaço de carvão da fogueira no bolso traz felicidade e dinheiro o ano todo. Jogar na fogueira um galho de alecrim, arruda ou uma trança de alho espanta o mau-olhado. Os carvões que restarem podem ser enviados a parentes e amigos, pois são considerados bentos. Quem possuir um carvão da fogueira viverá até o próximo São João.
O poder do mastro
Para obter boa colheita, prenda junto à bandeira do mastro laranjas, pencas de banana e espigas de milho, pedindo a proteção dos santos. As espigas de milho que ficam no mastro são recolhidas e usadas para o plantio. Dizem que quem achar no dia da festa uma espiga com 15 fileiras ficará rico

São João, santo católico, primo de Jesus Cristo, nascido a 24 de junho é festejado com muita alegria, boa comida, músicas, danças, bebidas e marcada por adivinhações para casamento, simpatias e prognóstico de futuro. Segundo a tradição, o santo adormece durante o dia que lhe é dedicado, porque se estiver acordado vendo o clarão das fogueiras não resiste ao desejo de descer do céu.
 ADIVINHAÇÕES
 Na véspera de São João deve-se colocar uma faca que ainda não tenha sido usada numa bananeira, e no dia seguinte aparecerá na faca a inicial da noiva ou do noivo.
 A agulha também serve para adivinhação. Basta colocá-la num prato cheio d’água. Se ela afundar, a moça não se casa aquele ano, mas se boiar é bom ir preparando o enxoval.
 Duas agulhas, na noite de São João, metidas numa bacia d’água se se juntarem indicam casamento.
 Outra adivinhação: na véspera escrever em pequenos papéis os nomes de vários pretendentes, colocando-os numa bacia com água; o nome que aparecer no amanhecer será o futuro marido (ou esposa). 
Plantar, à meia-noite, três cabeças de alho cada uma correspondendo a um pretendente, no dia seguinte, a que tiver nascido será o nome do futuro marido.

sexta-feira, 18 de junho de 2010


Como boa interiorana, fico vendo e sentindo o tempo passar, mas não o deixo passar assim...assim... sem tirar algo do dia dia.
Choveu.....que bom o cheiro da terra molhada, cheiro de banho da natureza.
Sol ta ardido...... nada mais gostoso que a sombra de uma árvore.
E as estrelas no ceú..... aquele mundão de estrelas apertadinhas umas nas outras, mas nenhuma empatando o brilho da outra.
Flores......lindas e as diversidades são tantas, para que? claro para colorir nosso caminho.
E a janela de uma casa da cidade.....debruça-se e espera-se o tempo passar, vendo o ir e vir, conversando e pondo em dia o assunto que poderia levar dois minutos mas, a prosa é boa, pode  durar horas.
E no campo.....aquela varanda, com uma cadeira de balanço olhando o infinito, o por do sol que mais parece uma prece,
uma brisa que bate gostoso no rosto, e para que? para nada só para ver, ouvir os grilos, os mugidos, e olhar para a porteira
e pensar.....eita mundão, em que cada canto tem uma história, em que cada história tem o cotidiano, esse que não devemos deixar passar, mas aproveitar o milagre do meu Deus que nos deu a alma e a emoção para eternizar.
Estel@

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Haikai

 





Este caminho
Ninguém já o percorre,
Salvo o crepúsculo 
    

 A amora adoça
mais na boca de
quem namora
.
   

Partida, hora amarga
Enche-se alma de saudades
E os olhos de lágrima
 Ulisses Cuiabanos..   

o céu resfria
a lua vestiu
uma charpa de bruma
 Rogério Martins


Pétalas de rosas
Entre as folhas do diário
Seca recordação
 Teruo Tnooka
  
Bolhas de sabão
sopradas no ar da manhã
exalam arco-íris.
 Ronaldo Bonfim
   
vende a vida inteira
pelo pão de cada dia
a liberdade bóia, fria
 Goulart Gomes


estação vazia
no trem sozinho
um passarinho 
Ricardo Portugal


Procura a lua
Sob o telhado
O gato mia
 Estel@


voou o beija-flor
com coração aos pulos
o vidro encontrou
 Estel@

Feliz fiquei
Na janela pousou
O sabiá que cantou
 Estel@

sábado, 12 de junho de 2010

              Como num filme...Estel@



Como num filme de pura magia e sedução, 
vem recordar o amor que nos pegou de jeito,
loucuras que fizemos, paixão desmedida,
amor correspondido, escondido,  aberto,
beijos ardentes com o por do sol a nos olhar.
Mãos entrelaçadas com vigor para não
 se perder e, ao mesmo 
tempo mãos soltas a percorrer o infinito.
Dançamos ao vento, corremos pela praia,
paixão do passado, amor verdadeiro, sincero 
que alguém deixou escapar.
Vem recordar  em algum lugar do passado, 
ou em algum lugar do presente, 
por um tempo esquecido ou um romance perdido, 
como de um filme a revelar o
 mistério de amar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...